HISTÓRIA DE UMA GAIVOTA E DO GATO QUE A ENSINOU A VOAR
Luis Sepúlveda, chileno, autor de diversas obras de sucesso, um dia prometeu aos filhos escrever uma história sobre o mal que nós, humanos, fazemos ao nosso ambiente, prejudicando a natureza e a nós mesmos. Assim nasceu este livro, que conta as aventuras de Zorbas, um gato "grande, preto e gordo", cujo elevado senso de honra faz com que se comprometa a criar um filhote de gaivota.
Kengah, uma bonita gaivota, é pega por uma mancha de petróleo no mar do Norte quando mergulha atrás de um cardume. Com a vida comprometida, ela ainda consegue voar até Hamburgo a tempo de botar um ovo, que deixa aos cuidados de Zorbas, pouco antes de morrer. Zorbas é um gato de palavra e cumprirá suas promessas: cuidar do ovo, criar o filhote e o ensinar a voar. Os amigos de Zorbas - Secretário, Sabetudo, Barlavento e Colonello - o ajudarão numa missão que não é tão fácil quanto parece, menos ainda para uma turma de gatos mais acostumados a enfrentar a vida dura de um porto como o de Hamburgo do que a servir de pais para um filhotinho de gaivota.
Título original
HISTORIA DE UNA GAVIOTA Y DEL GATO QUE LE ENSEÑO A VOLAR
Ilustrador
CárcamO
Tradutor
Eduardo Brandão
Páginas
96
Formato
13.50 x 21.00
Lançamento
01/12/2006
ISBN + Código de barras
9788535909326
Autor: Luis Sepúlveda
CONHEÇA TODOS OS TÍTULOS DE Luis Sepúlveda
Info
Nasceu em Ovalle, Chile, em 1949. Percorreu desde jovem todos os territórios possíveis da geografia e das utopias - da selva amazônica ao deserto dos sarauítas, da Patagônia a Hamburgo, das celas de Pinochet ao barco do Greenpeace. Publicou seu primeiro livro em 1993, Um velho que lia romances de amor, a que se seguiu Mundo do fim do mundo, Nombre de torero, Patagonia Express, Desencuentros, Diario de um killer sentimental e Yacaré.
Capa Capa
RECOMENDAÇÕES
Rodapé